Avenida Fagundes Filho, 252 - conj 111/112
Vila Monte Alegre — São Paulo/SP — CEP: 04304-000

Notícias

Como ter mais foco e concentração no trabalho? Confira nossas dicas!

Está com dificuldade para se concentrar atualmente? Confira algumas técnicas que podem te ajudar

A concentração é um estado mental que nos ajuda a voltar a atenção para determinada atividade. É essencial para o trabalho, já que influencia nossa produtividade. Existem algumas formas de treinar a mente para adquirir mais capacidade de foco. Confira!

Você está sentado em frente ao computador. No navegador, várias abas abertas para ajudá-lo na produção do job. Minutos se passam. De repente, você se dá conta: estava sonhando acordado e nem sabe dizer há quanto tempo estava assim. Ter concentração é uma dificuldade para você?

A concentração mental consiste em um processo psíquico capaz de voltar toda a atenção a determinada atividade. É uma característica fundamental, pois nos ajuda na aquisição de conhecimento, nos estudos e na produtividade do trabalho.

Por isso, a seguir, confira as melhores dicas para ter mais foco em suas produções!

8 dicas para aumentar a concentração e foco no trabalho

1. Trabalhe em um ambiente apropriado

Trabalhar com muito barulho ao redor não é para qualquer um. Nessa situação, a mente tende a dispersar facilmente, prejudicando nosso fluxo de trabalho. Caso seja impossível sair de um ambiente barulhento, invista em um protetor de ouvido capaz de bloquear o som.

Seguindo o mesmo pensamento, qualquer outra coisa que cause sensações desagradáveis, como frio ou calor em excesso, também costuma nos prejudicar. Para essas adversidades, uma blusa comprida ou um simples ventilador são boas alternativas. A questão é eliminar todas as distrações possíveis, de modo a colaborar com sua atenção.

2. Mantenha a organização

Querer fazer muitas coisas ao mesmo tempo não é nada produtivo. Ao tentar isso, nosso cérebro se cansa e a consequência é a mente vaguear.

Defina a sequência e os horários para cada atividade. Tire um tempo para responder emails, depois evite deixar essa aba aberta. Tenha momentos certos para as refeições. Estabeleça pequenos instantes para os bate-papos com os colegas. No momento da produção, realize o trabalho por etapas.

Por falar em organização, a mesa bem arrumada também influencia positivamente a concentração. Jogue fora todos os papéis velhos e deixe sobre ela apenas o essencial.

3. Estabeleça suas prioridades

Em uma agência, é supercomum que surjam urgências e dificuldades graves a serem resolvidas. Para não se desesperar, defina a prioridade do momento.

Uma ideia é fazer uso da matriz GUT, uma ferramenta que auxilia na priorização de problemas. Ela consiste em classificar cada tarefa de acordo com a:

  • gravidade: impacto que o problema terá, em médio e longo prazo, caso não seja resolvido;
  • urgência: o prazo disponível para a solução;
  • tendência: o potencial que o problema tem para crescer com o passar do tempo.

Para cada um desses componentes, estabeleça uma nota de 1 a 5, sendo a mais alta a mais potente. Depois, multiplique os fatores e compare os resultados.

explicação da matriz GUT

Quer um exemplo? Se a situação A obteve as notas 3 X 5 X 3, nos parâmetros, temos como resultado 45. Caso a situação B tenha obtido 4 X 5 X 5, temos como resultado 100. Logo, sabemos que essa última deve ser colocada em primeiro lugar da lista.

4. Crie metas e objetivos realistas

Todos precisamos de metas diárias, pois elas guiam nosso trabalho. Ainda que o job tenha um deadline grande, defina a quantidade de produção para cada dia. Contudo, tais metas precisam ser realistas, pois, do contrário, a tendência é a procrastinação.

Além disso, ao trabalhar com pequenos objetivos e vê-los sendo alcançados, temos mais inclinação à motivação. Com isso, ficamos mais empenhados a continuar.

Resumindo: a palavra-chave aqui é planejamento. Ele torna tudo mais prático e ainda nos ajuda a perceber quando dizer “não” para aquele projeto que chegou em cima da hora e nos deixaria noites sem dormir para dar conta de entregar tudo.

5. Tenha momentos de descanso

Considerando o que acabamos de falar, os momentos de descanso são bastante importantes. Isso implica não apenas qualidade de sono, mas ter alguns minutos para relaxar a mente durante o trabalho.

O método Pomodoro é uma ferramenta de gestão de tempo que preconiza essas interrupções. Ele se baseia em dividir o fluxo de trabalho em blocos de concentração intensa. Na técnica tradicional, a sugestão é focar por 25 minutos e, depois, descansar por 5. A cada 4 ciclos fazendo isso, deve-se dar uma pausa maior, em torno de 15 minutos.

Contudo, ela pode ser adaptada, de modo a suprir as necessidades de cada um. Se você acha que, no seu caso, é mais produtivo manter o foco por 35 minutos e, depois, descansar, não há problema.

6. Delegue tarefas para melhorar a concentração

Evite a mania de querer controlar tudo. Isso é contraprodutivo e só colabora para o aumento do estresse. Delegue o que for possível ou peça ajuda para a solução de um projeto muito exigente. Dar autonomia no trabalho aos colaboradores contribui para diversas questões.

Entre outras, há um aumento da motivação por parte deles, pois se sentem mais pertencentes à empresa. Isso tende a tornar o clima organizacional mais positivo e, consequentemente, as produções têm mais qualidade.

Podemos falar também do aumento do seu desempenho, pois, ao passar para a frente uma parte das tarefas, você consegue voltar sua concentração para o que é mais estratégico.

7. Lembre-se de ter hábitos saudáveis

O modo como levamos o dia a dia exerce influência na nossa produtividade e capacidade de foco. Uma alimentação rica em frituras e açúcar, por exemplo, causa picos de insulina no sangue, aumentando a sensação de sono e cansaço. Logo, prefira pratos mais saudáveis, com legumes, grãos e proteínas leves.

Também é importante manter-se hidratado. Tenha uma garrafinha de água ao lado do computador, pois isso facilita sua lembrança e evita aquela preguiça de se levantar durante uma produção importante.

A meditação é outro comportamento saudável. Além de nos ajudar a aliviar a ansiedade, é um treino para o cérebro aprender a ter mais concentração nas horas relevantes.

8. Procure ajuda profissional

Às vezes, passamos por fases da vida em que precisamos de ajuda profissional para lidar com as dificuldades. Casos como ansiedade grave e depressão não podem ser tapados com a peneira. Assim, se sentir que precisa, procure por um psicólogo ou psiquiatra. Com uma saúde mental prejudicada, não há como ter produtividade boa.

Enfim, é normal ter um dia ou outro com dificuldade na concentração. Porém, ao colocar em prática essas dicas dadas e buscar aprimorá-las, é possível desfrutar de momentos mais eficientes no trabalho.

Todos os direitos reservados | © 2020 | SOME SOLUçõES CONTáBEIS
desenvolvido por